LEITE MATERNO: COMO EXTRAIR E ARMAZENAR DE FORMA SEGURA | MACETES DE MÃE

O vídeo de hoje foi uma sugestão da seguidora Flávia Augusta. Nele, eu vou dar algumas dicas para quem quer extrair, armazenar e descongelar leite. Venha ver!

1 – Massagem:
Em primeiro lugar, é importante dizer que a ordenha começa com a massagem do peito, para justamente desobstruir os ductos mamários e ajudar o leite na saída.
Para a massagem, lave bem as mãos, esfregue-as uma na outra aquecendo-as.
Após, inicie a massagem em movimentos circulares da aréola para o resto da mama. Pode-se realizar com o dedo indicador e médio juntos.
Procure massagear regiões com nódulos e/ou tensas, depois pode-se seguir a sequencia da massagem da mama para a aréola (movimento drenagem).
A massagem deve ser realizada pelo menos por 5 min e depois inicia-se a ordenha.
Se ao longo desta o fluxo de leite diminuir pode-se massagear novamente.

2 – Ambiente calmo e tranquilo.
Para que o leite fluidifique e flua, é importante a mãe estar num ambiente calmo e tranquilo para que ela também fique calma e tranquila e dificulte o processo.

3 – Tipos de ordenha:
A ordenha pode ser realizada de forma manual (usando as mãos para extrair o leite) ou com bombas extratoras. Mas cuidado: as bombas extratoras devem ser de boa qualidade e utilizadas de forma correta. Procure a orientação de um profissional antes do uso.

4 – Esterilização:
Todo o material utilizado na coleta do leite deve ser esterilizado. Caso seja ordenha manual, as mãos tem que estar bem limpas e a embalagem que irá receber o leite deverá estar esterilizada. O ideal é que o leite seja armazenado em embalagens de vidro, esterilizadas. Na ordenha do leite com bombas extratoras, as peças da bomba que terão contato com a mama e o leite também terão que ser esterilizadas. Além da mão estar lavada. Claro.

5 – Descarte dos primeiros jatos:
Um detalhe importante que nem sempre se fala é que o ideal é que os primeiros jatos de leite sejam desprezados. Isso para eliminar possíveis microorganismos.

COMO ARMAZENAR O LEITE:

6 – Recipientes onde armazenar:
O leite extraído deve ser acondicionado em potes pequenos, de preferência de vidro, que possam ser lavados com uma escova (tipo de mamadeira) e detergente e depois fervidos ou esterilizados em microondas, com esterilizadores específicos para esse uso.
Detalhe importante sobre o processo de fervura: Depois que a água levanta fervura, baixa-se o fogo e mantém em fervura por 15 minutos.

7 – Como conservar:
O leite materno ordenhado por você na sua casa é o que chamamos de “leite cru”, portanto deve-se seguir cuidadosamente as orientações abaixo para guardar, congelar e descongelar o leite.
Para congelar/ resfriar: procure estocar em porções de acordo com a demanda do bebê.
Imediatamente após a ordenha, feche o pote e coloque-o sob água com gelo por um ou dois minutos.

Marque no pote a data e a hora da coleta.

Não é recomendado congelar leite materno em congelador/freezer de geladeiras de uma porta só.

8 – Validade do leite:
Acondicionado em geladeira (Não pode ser na porta) – 12h
Em freezer ou congelador – 15 dias

9 – Mistura de dois tipos de leite:
Para misturar leite fresco ao leite já refrigerado, recomenda-se extração em um novo recipiente e, após isso, resfrie-o antes de juntar ao que já foi refrigerado ou congelado (isso para um não estar morno e o outro frio. É importante os dois estarem na mesma temperatura).

COMO DESCONGELAR O LEITE:

10 – Descongelando na geladeira:
O leite deve ser descongelado lentamente, deixando-o na geladeira na noite anterior ao consumo ou algumas horas antes.

11 – Descongelando em banho maria:
Recomenda-se, ainda, para descongelar ou aquecer o leite, esquentar uma água em banho-maria, desligá-la, e após colocar o leite em banho maria nessa água para ele ser aquecido/descongelado.

– Cuidados importantes:
O calor excessivo destrói as enzimas e proteínas presentes no leite.
Descongele sempre a quantidade total, pois as gorduras se separam ao congelar.
Depois de descongelado o leite deve ser consumido em 24 horas.

12 – Nunca re-congele o leite que já foi descongelado
Se houver sobra de leite morno no recipiente esterilizado este pode ser resfriado apenas uma vez para a próxima oferta. NUNCA use o leite que ficou no recipiente em que o bebê mamou, pois a saliva pode contaminar o mesmo.

Para receber aviso de vídeos novos, ative o alerta de notificações (clicando no sininho).

Confira outros vídeos que você irá curtir:

PEGA INCORRETA DO BEBÊ NA AMAMENTAÇÃO:

DIFICULDADE PARA AMAMENTAR:

AMAMENTAÇÃO EM LIVRE DEMANDA – CONHEÇA OS BENEFÍCIOS:

DESMAME NATURAL – 8 SINAIS QUE INDICAM QUE SEU FILHO ESTÁ PRONTO:

www.macetesdemae.com
facebook.com/macetesdemae
instagram.com/macetesdemae
twitter.com/macetesdemae
pinterest.com/macetesdemae

Produção:
http://www.laranjaazul.com.br

Maquiagem:
@nanyferreiramakeup

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *